Acesse o documento que resume os aprendizados do Fundo Vale na implementação de uma estratégia com foco em cadeias produtivas e negócios sustentáveis na Amazônia. Fechar

18 de Julho de 2018

Desafio Conexsus abre chamada para negócios comunitários sustentáveis

Iniciativa apoiada pelo Fundo Vale vai mapear e desenvolver organizações de base comunitária em todo o Brasil, com foco na sustentabilidade. Cadastro vai até 30 de julho.

banner_desafioconexsusCom o desafio de desenvolver empreendimentos comunitários mais estruturados e rentáveis, com cadeias produtivas justas e sustentáveis, a Conexsus – Instituto Conexões Sustentáveis lança o Desafio Conexsus 2018. O cadastro para poder participar da iniciativa em todo o Brasil termina no dia 30 de julho.

O Desafio tem como objetivo desenvolver, no período de um ano, soluções para ampliar o acesso a mercados, a crédito e a outros instrumentos financeiros adequados a este perfil de negócios. O perfil é de organizações e negócios comunitários que atuam em todo território brasileiro, nas cadeias da alimentação saudável e sustentável, cadeias agroflorestais sustentáveis, cadeias da sociobiodiversidade, do extrativismo, da pesca artesanal sustentável e do manejo florestal comunitário – com busca mais ativa na Amazônia e nas áreas protegidas de uso sustentável.

A primeira etapa é o mapeamento de negócios comunitários sustentáveis em todo o Brasil, a partir do cadastro online e da mobilização de organizações parceiras, com a coleta de informações sobre quem são as organizações, onde estão localizadas e o que produzem. Os dados estão já disponíveis para consulta pública em uma plataforma online, no site do Desafio – www.desafioconexsus.org.

Soluções

As organizações com perfis semelhantes serão agrupadas para participar de soluções customizadas, desenvolvidas pela Conexsus e seus parceiros, que são organizações de apoio, agentes do mercado, financiadores e investidores. Inicialmente, 70 empreendimentos deverão ser impulsionados para que superem os principais gargalos que enfrentam hoje.

Dentre as soluções, estão previstas uma Jornada de Aceleração de seis meses, para estruturar modelos de crescimento e escala para 20 negócios; Oficinas de Modelagem de Negócios Sustentáveis, para 30 negócios menores obterem posicionamento mais estratégico nas cadeias produtivas; Laboratório de Soluções de Acesso à Comercialização e ao Mercado, que é um ciclo de trabalho para compor novos arranjos de comercialização para 10 negócios, e Laboratório de Crédito e Soluções Financeiras, para mais 10 negócios, um processo para desenvolver protótipos financeiros adequados à realidade dos empreendimentos, com a aproximação de agentes financeiros.

São parceiros estratégicos do Desfio: Good Energies Foundation, Instituto Grupo Pão de Açúcar, IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas e Moore Foundation, Fundo Amazônia, Fundo Vale, Fundação Certi e GIZ – Cooperação Alemã para o desenvolvimento sustentável e União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes).

Saiba mais em www.desafioconexsus.org