Realizada pela Audisa Auditoria e Consultoria Fechar

10 de Maio de 2020

Seis startups seguem para a aceleração no Desafio Agroflorestal

Após uma fase de pré-aceleração online, adaptada do que seria o Bootcamp presencial, seis iniciativas foram selecionadas pelo Comitê de Seleção do Desafio Agroflorestal e seguem para a etapa de aceleração.

 Nos dias 29 e 30 de abril, O Fundo Vale realizou o Comitê de Seleção com o objetivo de identificar os melhores projetos de POC (Proof of Concept) e equipes para participarem da fase de Aceleração do Desafio Agroflorestal, levando em consideração a proposta apresentada.

Foram escolhidos 6 finalistas entre as 15 startups que passaram pela fase de Bootcamp, etapa que foi totalmente remodelada para um formato online de pré-aceleração, com duração de 3 semanas. São elas: Frutarca, Iça-aiba, Inocas, Mel de Cacau, Sistemas Integrados e VerdeNovo.

Promovido pelo Fundo Vale e Reserva Natural Vale, em parceria com a aceleradora TroposLab, o Desafio Agroflorestal busca fomentar e fortalecer o ecossistema de negócios florestais. A chamada esteve aberta entre 17 de fevereiro e 15 de março, e recebeu 69 inscrições, de todas as regiões do Brasil, de empresas, instituições, startups e projetos. O objetivo é identificar e acelerar soluções inovadoras nos temas de logística, novos produtos, novos modelos de negócios, comercialização, processo produtivo e instrumentos financeiros.

O Desafio terá como fechamento uma apresentação final em um Demoday para a escolha dos vencedores.

Saiba mais em desafioagroflorestal.com.br