Imagem de um homem segurando um fruto de café, no meio de uma plantação.

Consideramos como fomento o apoio com recursos não-reembolsáveis com a finalidade a construção de capacidades, criação e aceleração de negócios socioambientais, prototipagem de soluções financeiras, fortalecimento de espaços de troca e da organização social, além de produção de conhecimento e informação, entre outros temas que dão suporte ao desenvolvimento do ecossistema de negócios de impacto socioambiental.

Enquanto um veículo do investimento social privado da Vale, o fomento é parte importante da nossa trajetória e por meio dele desenvolvemos articulação entre muitos agentes e nos tornamos parte de um ambiente colaborativo, trocando conhecimentos tanto com agentes locais, comunidades, até com investidores e grandes empresas.

Nós fomentamos o fortalecimento dos negócios de impacto socioambiental e as organizações que dinamizam o ecossistema de impacto. Acreditamos que essas ações servirão de base para uma economia mais justa e inclusiva e impactarão positivamente a vida das pessoas e o meio ambiente.

Nossas decisões por apoiar projetos são embasadas por análises objetivas e pela experiência e conhecimento das pessoas que vivenciam na prática os desafios dos negócios socioambientais e do ecossistema de impacto.

Retrato de uma casa que é cercada pelo rio, ela é de madeira e ao lado da casa existe um barquinho e arvores.

Nosso portfólio de fomento

Plano de Resposta Socioambiental ao Covid 19

Inciativa do Instituto Conexões Sustentáveis (Conexsus), tem como objetivo mitigar os impactos econômicos da pandemia na saúde financeira dos negócios comunitários e sua base de produtores. O apoio aos empreendimentos ocorre em várias frentes em temas como gestão, aspectos legais, acesso a mercado, marketing e comercialização, entre outros. Também ativa uma rede de troca de experiências entre as organizações para fortalecimento de capacidades, já treinou 30 agentes de crédito rural para atuar junto ao Banco da Amazônia e prestou assessoria a mais de 100 organizações da agricultura familiar e extrativista em todo o Brasil. Atua de forma coordenada com a Linha de Crédito Emergencial do Fundo CX.

AMAZ Aceleradora de impacto

Criada pelo Idesam, a aceleradora é 100% dedicada ao empreendedor que atua na Amazônia. A Amaz surge a partir da evolução do Programa de Aceleração e Investimento da Plataforma Parceiros pela Amazônia, após acelerar 30 startups e ser reconhecido como o melhor programa de aceleração do norte do país. Já investiu cerca de R$ 6,8 milhões em 11 empreendimentos e oferece suporte aos negócios em temas variados como gestão financeira e administrativa, cooperação em logística e acesso ao mercado. Em seu modelo operacional, atua com a lógica de financiamento híbrido (blended finance), combinando recursos filantrópicos e de investimento reembolsável.

Fortalecimento do Ecossistema de Investimento e Negócios de Impacto

Parceria com o Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) que tem o objetivo de apoiar o fortalecimento do ecossistema de investimentos e negócios de impacto brasileiro por meio de um conjunto de ações que atuem de forma complementar na ampliação da oferta de capital para impacto, no aumento no número de negócios de impacto, no fortalecimento de organizações intermediárias e na busca por um macroambiente favorável para essa agenda. A parceria tem como foco o apoio a quatro diferentes frentes de atuação do ICE: Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto; Programa Academia; Programa Elos de Impacto; e Fórum de Investimentos e Negócios de Impacto.

Latimpacto

Esta rede latino-americana promove o intercâmbio de conhecimento sobre modelos inovadores e eficazes de gestão, medição e financiamento para impacto, facilitando conexões e estimulando a colaboração e o co-investimento. Conecta todo o contínuo de capital, prioriza o impacto usando ferramentas de Venture Capital e Private Equity, e conecta a América Latina a um movimento global de redes de Venture Philanthropy. Com a articulação de filantropos e investidores sociais, busca mobilizar mais capital humano, intelectual e financeiro para o ecossistema de impacto.

PrevisIA

Fruto de uma parceria entre o Imazon, a Microsoft e o Fundo Vale, a plataforma usa inteligência artificial na previsão e prevenção do desmatamento na Amazônia. Por meio de mapas e estatísticas de risco eminente de desmatamento no bioma, mapeia estradas ilegais em imagens de satélites – uma das variáveis mais importantes na predição de futuros desmatamentos. As tecnologias disponíveis na plataforma PrevisIA têm o potencial de auxiliar políticas públicas e iniciativas para prevenção de desmatamento, contribuindo para a proteção e conservação da Floresta Amazônica.

Ecossistema de Empreendedorismo e Inovação de Impacto da Amazônia

Desenvolvido pela Fundação Certi, a iniciativa tem como objetivo estruturar mecanismos e processos integrados de empreendedorismo e inovação, visando dar escala a uma jornada de inovação na Amazônia. Pretende contribuir para a conservação da floresta por meio da ativação do ecossistema de empreendedorismo e inovação de impacto no bioma. Nesta primeira fase, serão desenvolvidas atividades piloto para testar as metodologias e modelos, a partir da experiência acumulada pela organização no ecossistema de inovação de Florianópolis, referência no país.